Porque não te registas?
Assim podias usufruir de tudo o que o AniKai tem à disposição dos seus utilizadores.
Não custa nada e é rápido ^^



 
InícioFAQRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Blood:The last vampire

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidad
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Blood:The last vampire   Sab Ago 15, 2009 7:02 am

BLOOD:THE LAST VAMPIRE
BLOOD:O ultimo vampiro


Estúdio de animação: Production I.G
Géneros:Acção,Horror
Ano:2000
Como é um filme pequeno é difícil falar dele sem spoilar.
Por isso vou colocar uma descrição mais para o técnica do que da historia tirada do DVD que aqui tenho.

Os vampiros existem. Não são propriamente como as personagens românticas e neo-românticas que os romances do século XIX e o cinema nos fizeram crer durante muito tempo, mas sim uma espécie assassina e cruel que devasta os seres humanos. E Saya é a única que nos pode defender deles. Segue-nos nesta viagem pelo mundo de Saya para ficares a conhecer alguns dos mistérios ocultos de Blood the last vampire.
O grande artifice desta obra prima da animação é Mamoru Oshii. Responsável imediato de clássicos de anime como Ghost In The Shell e os filmes de Patlabor, o nome de Oshii está sempre a obras com conteúdos repletos de riqueza e com certificado de qualidade. Mamoru Oshii é o espírito criador da trama desta obra, inicialmente sobre a forma de romance e, posteriormente, como um projecto multimédia complexo, que pretende experimentar e coordenar três meios muito diferentes: anime, romance e videojogo para a PS2.
A série de romances Blood: The last vampire começou a ser publicada no Japão a 30 de Outubro do ano 2000, a escrita das mesmas estava a cargo de Junichi Fujisaku, director executivo da versão animada, que contou com a colaboração de inestimável do ilustrador Satoru Nakamura. A acção dos romances ocorre em 1969, quando a guerra do Vietname ainda parecia "apenas" uma escaramuça sobre solo estrangeiro e os EUA marcavam presença em todo o litoral do Pacífico.
O videojogo para a PS2, Blood: The last vampire, foi posto à venda no mercado japonês a 21 de Dezembro do ano 2000, ou seja, depois do filme de animação. A equipa de criação foi praticamente a mesma do filme.
Ao dividir a história em três partes, que depois distribuiu por três meios tão diferentes, Oshii criou uma colagem complexa, difícil de catalogar e em que, para compreender a história na sua totalidade, é necessário seguir as linhas argumentais. E isso, meus amigos, é bastante difícil de conseguir no nosso país, por ser pouco provável que tenhamos acesso aos romances e aos videojogos.
Do ponto de vista técnico, este filme é de uma perfeição surpreendente. Uma miscelânea subtil de animação gerada por computador e digitalização e alternâncias infográficas produzem um impacto visual que supera tudo o que se viu anteriormente no género. A criação em 3D de grande parte dos cenários e dos modelos animados, a par da animação mais ou menos convencional das personagens são-nos bastante familiares, devido ao trabalho levado a cabo com melhores ou piores resultados ao longo dos anos, por gigantes ocidentais como a Disney. Contudo, nunca nos tinha sido dada a possibilidade de apreciar esta técnica tão bem aplicada ao anime.
O resultado é espectacular e impressionante do ponto de vista visual em cenas como a do metro ou a azáfama na pista da base aérea com os aviões a levantarem voo.
A realização de Hiroyuki Kitakubo, que se estreou como animador em produções como Urusei Yatsura e Akira, demonstra o talento e dedicação com que trabalhou ao longo dos anos. A estreia de Kitakubo enquanto realizador foi com Pop Chaser (1985), um episódio da série erótica Cream Lemon. Em 1987 realizou Black Magic M-66, baseada numa das primeiras obras do lendário Masamune Shirow (criador de, entre outras, Ghost In The Shell e Appleseed).
Em 1991, Kitakubo realizou o filme Roujin-Z para o qual reuniu uma equipa de luxo, formada por Katsuhiro Otomo e Hisashi Egushi. Kitakubo tambem ganhou prestígio realizando as sequências de animação do videojogo Ghost In The Shell (1997) para a PSX, um projecto em que se usou tecnologia de ponta para misturar acetatos pintados à mão e animação digital de última geração: mais ou menos a mesma técnica que foi usada nesta obra.
O desenho das personagens que Satsuma Terada nos oferece nesta ocasião nada tem de convencional, sendo bastante diferente do que realizou em, por exemplo, Virtua Fighter 2 ou na versão animada de Zeiram. Deixando de parte a personagem de Saya e alguns dos "nativos" japoneses, a imagem das restantes personagens principais e secundárias é marcadamente ocidental, com uma certa tendência para a caricatura, ao melhor estilo do desenhador de banda desenhada Arthur Adams.
Se a tudo isto acrescentarmos a paleta de cores algo esvaída e sem contrastes excessivos que, reforçando o ar arcaico do Japão de finais dos anos sessenta, nos ajuda a situar-nos na época em que supostamente se desenrola a acção; e uma banda sonora criada por Yoshohiro Ike que se ajusta a cada cena com uma precisão milimétrica, criando uma atmosfera tensa e perturbadora durante todo o filme. O resultado é este producto tão inquietante quanto fora do normal e denominado Blood: The last vampire.
A título de comentário e recomendação final, vale a pena referir que alguns aspectos da produção nos passarão despercebidos, a menos que ouçamos o filme na versão original. Com efeito, a escolha de Yuki Kidoh para dar voz a Saya teve origem na facilidade com que a actriz domina o inglês. A mistura de línguas e de sotaques acaba por ser mais uma faceta da já complicada trama de Oshii, urdida com a mestria irrepreensível deste mestre da animação.

TRAILER



Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Blood:The last vampire
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [K-DRAMA] Hot Blood 열혈장사꾼
» Da uma imagem^^
» Inscrição da Haruna/Harumi temporada 2
» {Login} RPG First Blood
» {PP} Let's have some fun...

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Anime & Manga :: Anime-
Ir para: